Se você tem dúvidas sobre a premiação do Peneirinha Head and Shoulders, pode ficar tranquilo que nós explicamos. Vamos por etapas.

 

O que você precisa saber primeiro:

 

Os 32 campeões de Santa Catarina receberam dez números da sorte cada um . Sendo assim, os 16 campeões da categoria A (9-10 anos) têm em mãos cinco números da sorte com o número de série 1 e outros cinco com o número de série 5.

 

Vejamos um exemplo:

 

NOME                                                            NÚMERO DE SÉRIE                 NÚMERO DA SORTE

João da Silva
1 57889
1 39765
1 89010
1 81930
1 18904

 

NOME                                                            NÚMERO DE SÉRIE                 NÚMERO DA SORTE

João da Silva
5 45890
5 23599
5 83475
5 14959
5 47586

 

O que é o número de série:
  • Este número mostra o prêmio ao qual o campeão do Peneirinha está concorrendo.
  • Os números da sorte com a série 1 e 2 (veja abaixo) são os que indicam a premiação de um ano em uma escolinha de futebol, material didático e esportivo por um ano ou R$ 10 mil livres de impostos.
  • Já os números da sorte com a série 5 são os que indicam a premiação para entrar em campo com a Seleção Brasileira até 2015.

 

Cada um dos 16 campeões da Categoria B (11-13 anos) recebeu cinco números de série 2 e também recebeu cinco números de série 5. A lógica da premiação é a mesma para os participantes da Categoria A, como explicamos acima.

 

Exemplo:

 

NOME                                                            NÚMERO DE SÉRIE                 NÚMERO DA SORTE

José dos Santos
2 57889
2 39765
2 89010
2 81930
2 18904

 

NOME                                                            NÚMERO DE SÉRIE                 NÚMERO DA SORTE

João da Silva
5 45890
5 23599
5 83475
5 14959
5 47586

 

Entendida esta parte, vamos a diante. O Peneirinha Head and Shoulders vai fazer a premiação para os participantes Santa Catarina de acordo com os sorteios da Loteria Federal que aconteceram na quarta-feira, dia 26 de março. Confira o resultado clicando aqui.

 

Para você saber se ganhou um dos prêmios, basta aguardar que a SULACAP (Sulamerica Capitalização), empresa autorizada pela SUSEP para cuidar da premiação, irá entrar em contato com os ganhadores. O resultado também estará em nosso blog a partir de sábado.

Categoria A – 9 a 10 anos

Nome

Número de Série

Números da Sorte

Arthur Malinverno Voltolini
1 13934
1 49813
1 85693
1 74895
1 30295
5 85693
5 05213
5 44249
5 60611
5 88850
Arthur Padilha Machado
1 46755
1 30393
1 66273
1 49911
1 74993
5 41191
5 49911
5 85791
5 21673
5 05311
Ayrton Rafael Neres
1 12983
1 93463
1 77101
1 57583
1 96619
5 43299
5 71537
5 87899
5 32501
5 68381
Cassio Amorim de Deus
1 34877
1 51238
1 15359
1 31720
1 95839
5 09795
5 45674
5 26156
5 06638
5 34877
Fabiano de Moraes Junior
1 02148
1 85784
1 66266
1 82628
1 21666
5 96582
5 60702
5 77064
5 41184
5 21666
Felipe Kayme Pires
1 57793
1 77311
1 21913
1 60949
1 41431
5 52229
5 16349
5 32711
5 96829
5 60949
Johann Buetes Arndt
1 71247
1 07128
1 43008
1 26647
1 87608
5 37444
5 62526
5 82044
5 17926
5 21083
Leanderson Rafael Brazil Lecueder
1 72284
1 36404
1 52766
1 16886
1 33248
5 11322
5 91802
5 08166
5 72284
5 27684
Lucas Henz Oechsler
1 96415
1 12779
1 76897
1 41017
1 57379
5 87695
5 15935
5 32297
5 90851
5 71333
Marcel Rocha de Luz
1 89520
1 73158
1 09040
1 44919
1 28558
5 83956
5 64438
5 19837
5 39356
5 22994
Martin Souza Baibich
1 27066
1 62946
1 98826
1 23910
1 43428
5 82464
5 18346
5 37864
5 73744
5 93262
Pedro Ahlf Rodrigues
1 09764
1 73882
1 29282
1 93400
1 12921
5 68318
5 87837
5 04200
5 84680
5 48800
Rafael Alexandre Pierre Possamai
1 46527
1 62888
1 27009
1 43370
1 57655
5 37806
5 01927
5 18288
5 82407
5 21445
Ricardo Henrique Lippel Spengler
1 55627
1 94663
1 58783
1 75145
1 39265
5 33701
5 50063
5 14183
5 94663
5 05463
Vinicius de Lima Leonardo
1 93002
1 28884
1 48402
1 12523
1 32041
5 32041
5 67920
5 03802
5 06959
5 87438
Vitor Isaias Coelho da Silva
1 75219
1 94737
1 30619
1 14257
1 50137
5 89173
5 33775
5 69655
5 05537
5 25055

 

foto: Marco Brizola

foto: Marco Brizola

 

Categoria B- 11 a 13 anos

 

Nome

Número de Série

Números da Sorte

Allysson Mickael Santos
2 31358
2 61674
2 78036
2 06276
2 42156
5 52954
5 17074
5 81192
5 97554
5 36592
Elvison Ricardo Damasio
2 69343
2 05224
2 88861
2 33463
2 24743
5 08381
5 80140
5 99659
5 63779
5 44261
Gabriel Amorim Duarte
2 75560
2 91922
2 56042
2 20163
2 06869
5 66840
5 30960
5 11442
5 75560
5 95079
Gabriel Roberto Pereira
2 84053
2 19935
2 03573
2 39453
2 00417
5 78489
5 58971
5 39453
5 75333
5 94851
Gabriel Zanetti Rodrigues
2 40058
2 11819
2 14976
2 31337
2 95455
5 06255
5 25773
5 86735
5 50855
5 89892
Gustavo Marquis Lepiani
2 73394
2 89756
2 53876
2 17996
2 34358
5 64674
5 48312
5 28794
5 09276
5 92912
Heryck Vieira Sipriano
2 69164
2 97402
2 94246
2 13766
2 33284
5 08202
5 72320
5 88682
5 44082
5 52802
Jair da Cruz Pilar
2 95801
2 79439
2 15321
2 34839
2 51201
5 26119
5 70719
5 90237
5 54357
5 34839
João Gabriel Mitter Ventura
2 70830
2 34950
2 51312
2 79550
2 15432
5 65266
5 90348
5 54468
5 09868
5 45748
Leandro Cavassa da Luz Junior
2 75576
2 95094
2 30976
2 14614
2 59214
5 89530
5 50494
5 34132
5 70012
5 05894
Luiz Alberto Rodrigues junior
2 73126
2 09007
2 92644
2 28526
2 89487
5 67562
5 03443
5 64405
5 39323
5 83923
Paulo Henrique Zanon
2 02700
2 19061
2 83180
2 47300
2 63662
5 22218
5 02700
5 58098
5 93977
5 38580
Pitter Soares Maciel
2 23962
2 40323
2 04443
2 84923
2 20805
5 09677
5 59841
5 23962
5 29195
5 45557
Rodrigo Fortunato Goulart Filho
2 83374
2 19256
2 47494
2 63856
2 02894
5 94172
5 22412
5 38774
5 77810
5 58292
William Gustavo Ferreira
2 66970
2 22370
2 86488
2 02851
2 31090
5 61406
5 77767
5 41888
5 06008
5 97285
Yuri Zanetti Rodrigues
2 07755
2 63152
2 27273
2 43634
2 78097
5 99032
5 18552
5 63152
5 02191
5 82670

 

 

Meninos já sonham com o futuro após Peneirinha Head And Shoulders Foto: Marco Brizolla

Meninos já sonham com o futuro após Peneirinha Head And Shoulders
Foto: Marco Brizolla

 

Peneirinha Head And Shoulders já selecionou as 16 crianças de cada categoria que formam a seleção de Santa Catarina. A participação em uma peneirinha dessas pode alterar o rumo da iniciante carreira dos meninos. Isso mexe com os sonhos dos garotos, como é o caso de Marcel Rocha de Liz, 9, que ao perguntado sobre o que faria caso fosse sorteado para ganhar os R$ 10 mil respondeu:  “Se eu ganhar o prêmio, minha mãe iria comprar uma moto para mim de aniversário”.

 

O ex-goleiro profissional, Nivaldo Pereira, que acompanhava o filho classificado, Gabriel Pereira, foi um dos pais que vibrava durante o anúncio dos nomes selecionados. Para ele, “esse evento tem uma importância social imensa. Muitas crianças só podem realizar seus sonhos, de se sentir um jogador profissional, em eventos como esse. Mas é importante também que elas tenham consciência que nem todas vencem. Essas peneiras acabam ensinando as crianças que há momentos que elas ganham, mas também há momentos que elas perdem”, disse.

 

Já o pai do melhor em campo da seleção de 9-10 anos, Denilson Gonçalves de Deus (pai de Cássio) acredita que é preciso ter também os pés no chão. “É importante não deixar ele se iludir. Uma premiação dessas é sensacional. Meu filho gosta muito. Treina sempre muito empenhado e gosta de jogar bola. Em um evento desses também acabamos nos entregando.. Ficamos ansiosos e eles também”, admite.

 

Cada criança classificada na final recebeu números pelos quais concorre ao prêmio de R$ 10 mil ou a um ano de escolinha de futebol e a uma viagem para entrar em jogo amistoso com a seleção brasileira. O sorteio será realizado pela Caixa Econômica Federal na quarta-feira e uma criança de cada categoria será premiada.

 

O Peneirinha Head and Shoulders é uma iniciativa da Procter & Gamble (P&G) e do Grupo RBS. Além do patrocínio de Head & Shoulders, o projeto tem o apoio das marcas Oral B, Ariel, Gillette Prestobarba3 e Duracell.

 

Meninos aguardam resultados.      Foto: Marco Brizolla

Meninos aguardam resultados.
Foto: Marco Brizolla

Segue abaixo a lista dos meninos que compõem a seleção Peneirinha Head And Shoulders.

 

SELEÇÃO
9 A 10 ANOS
DEFESA
Nº 1 81 Rafael Alexandre Pierre
Nº 1 56 Arthur Malinverno Voltonili
Nº 2 11 Marcel Rocha de Liz
Nº 2 59 Cassio Amorim de Deus
Nº 3 6 Vitor Isaias Coelho da Silva
Nº 3 77 Ricardo Henrique Lippel Spengler
Nº 4 20 Ayrton Rafael Neres
MEIO CAMPO
Nº 5 49 Pedro Alhf Rodrigues
Nº 7 34 Arthur Padilha Machado
Nº 5 53 Martin Souza Balbich
Nº 12 12 Lucas Henz Oechsler
Nº 10 1 Vinicius de Lima Leonardo
Nº 10 75 Johann Buetes Arndt
ATAQUE
Nº 9 2 Felipe Kayme Pires
Nº 9 69 Leanderson Rafael Brasil Lecueder
Nº 11 21 Fabiano de Moraes Junior

 

 

SELEÇÃO
11 A 13 ANOS
DEFESA
Nº 6 14 Gabriel Zanetti Rodrigues
Nº 6 29 Pitter Soares Maciel
Nº 4 15 Élvison Ricardo Damasio
Nº 3 69 William Gustavo Ferreira
Nº 2 68 Allysson Mickael Santos
Nº 1 53 Gabriel Roberto Pereira
Nº 1 13 Yuri Zanetti Rodrigues
MEIO CAMPO
Nº 5 5 Leandro Cavassa da Luz Junior
Nº 10 12 João Gabriel Mitterer Ventura
Nº 5 1 Jair da Cruz Pilar
Nº 7 19 Paulo Henrique Zanon
Nº 8 10 Heryck Vieira Sipriano
Nº 8 44 Gabriel Amorim Duarte
ATAQUE
Nº 10 21 Rodrigo Fortunato Goulart Filho
Nº 9 8 Luiz Alberto Rodrigues Junior
Nº 11 48 Gustavo Marquis Lepiani
Classificados fazem jogo final neste domingo à tarde

Jogo final acontece neste domingo à tarde.                        Foto: Marco Brizolla

 

Durante o anúncio dos 38 finalistas de cada categoria, uma das pessoas que mais se destacou foi a tia do goleiro João Vitor. Vânia Hoffman vibrou com uma emoção muito autêntica na hora em que foi anunciado o nome do sobrinho. Pulou, gritou. “Acompanho ele desde os seis anos, e faço a correria em vários lugares”, disse ainda exaltando emoção. O sobrinho já faz até planos caso ganhe o prêmio: “guardar para o futuro”.

 

O anúncio dos classificados para a reta final, aliás, foi um momento de muita emoção e palmas em que pais, filhos, tias e tios comemoraram juntos. “É muita emoção. Comecei com quatro anos em Bento Gonçalves jogando no colégio. Depois o Figueira me chamou e comecei lá. Hoje, chego até a final do Peneirinha”, disse o garoto de 10 anos Vinicius Nunes de Campos, que joga na meia direita. “Vi que ele levava jeito e onde tiver jogo eu levo. A oportunidade dada por esse projeto é fantástica”, completa o pai, Carlos Campos.

 

Outro finalista é Gabriel Fernando da Silva, atacante de 13 anos. Segundo ele, o caminho até a final é difícil e necessita muita concentração. “Todo mundo fica tenso, mas nos decorrer do jogo nos soltamos. O que faz a gente chegar na final é a vontade de chegar e não desistir do sonho”, disse. O garoto treina duas vezes por semana em uma escolhinha na cidade de Timbó. “Quem me incentiva muito a jogar é meu cunhado. Ele me diz para entrar em campo, para esquecer tudo aqui fora e fazer o que eu sei fazer. Que não devemos fazer o que não sabemos. Tem gente que quer ser o Neymar, mas tem um estilo de jogo completamente diferente. Cada um tem seu tipo de jogar e conquistar seu espaço, sempre ouvindo os técnicos, mas com seu estilo”, completou.

 

O coordenador do evento, Alexandre Lobo, ressaltou a qualidade técnica de Peneirinha Head And Shoulders. “De uma forma geral notamos que  estava excepcional. As crianças de dedicaram muito. Todos estão muito contentes como que foi demonstrado pelos garotos no evento”, avaliou.

 

Agora, mais um jogo será realizado. Todos jogadores que chegarem à seleção final do Peneirinha terão chances iguais de ganhar cada premiação. O participante receberá cinco números da sorte e concorrerá aos prêmios por sorteio. Assim, cada jogador tem chance de sair vencedor, independente da posição.

 

Premiação 1 – Um ano de escolinha de futebol, além de material esportivo e escolar, para que a criança não tenha gastos extras e possa continuar estudando. O ganhador também pode optar por receber a quantia equivalente a esse prêmio em dinheiro (R$ 10 mil). Um participante de cada categoria ganhará o prêmio.

 

Premiação 2 – Os vencedores entrarão em campo com a Seleção Brasileira até abril de 2015. Um participante de cada Estado ganhará o prêmio e terá direito de levar um acompanhante.

 

O Peneirinha Head and Shoulders é uma iniciativa da Procter & Gamble (P&G) e do Grupo RBS. Além do patrocínio de Head & Shoulders, o projeto tem o apoio das marcas Oral B, Ariel, Gillette Prestobarba3 e Duracell.

Classificados de 11 a 13 anos

Lista de classificados para disputar a grande final de Santa Catarina

 

TIME 01

 

 

 Camisa   Braçadeira     Nome     
Nº 1 53 Gabriel Roberto Pereira
Nº 2 68 Allysson Mickael Santos
Nº 3 69 William Gustavo Ferreira
Nº 4 15 Élvison Ricardo Damasio
Nº 5 1 Jair da Cruz Pilar
Nº 6 14 Gabriel Zanetti Rodrigues
Nº 7 19 Paulo Henrique Zanon
Nº 8 10 Heryck Vieira Sipriano
Nº 9 8 Luiz Alberto Rodrigues Junior
Nº 10 12 João Gabriel Mitterer Ventura
Nº 11 48 Gustavo Marquis Lepiani
Nº 12 24 Pedro Luiz Kuster
Nº 13 42 Otto Guillherme Vieira Filho
Nº 14 4 Paulo Victor da Silva
Nº 15 62 Leandro Machado
Nº 16 47 Vilian Nicoladeli Esmeraldino

Time 2

 Camisa   Braçadeira     Nome 
Nº 1 13 Yuri Zanetti Rodrigues
Nº 2 77 Kennedy Formaio de Almeida
Nº 3 20 Gabriel de Jesus Moraes
Nº 4 54 Leonardo Francisco Cassol
Nº 5 5 Leandro Cavassa da Luz Junior
Nº 6 29 Pitter Soares Maciel
Nº 7 7 Thierry de Souza dos Santos Martins
Nº 8 44 Gabriel Amorim Duarte
Nº 9 56 Gabriel Fernando da Silva
Nº 10 21 Rodrigo Fortunato Goulart Filho
Nº 11 67 Guillherme Cachoeira Silveira
Nº 12 37 Eduardo Rigon Weber
Nº 13 11 Geliel Souza Silva
Nº 14 31 Luyam Vargas Paraiba
Nº 15 18 Kauê Vinicios Morais
Nº 16 65 João Vitor de Oliveira

Classificados 9 a 10 anos

 

Lista de classificados para a grande Final de Santa Catarina

 

Time 1

 

 Camisa  Braçadeira    Nome    
     
Nº 1 81 Rafael Alexandre Pierre
Nº 2 59 Cassio Amorim de Deus
Nº 3 6 Vitor Isaias Coelho da Silva
Nº 4 20 Ayrton Rafael Neres
Nº 5 49 Pedro Alhf Rodrigues
Nº 6 17 Pedro Lenzi dos Santos
Nº 7 16 Armando Filippi Neto
Nº 8 24 Julio Cezar Theiss
Nº 9 2 Felipe Kayme Pires
Nº 10 75 Johann Buetes Arndt
Nº 11 42 Arthur Prates da Silva
Nº 12 12 Lucas Henz Oechsler
Nº 13 39 Gabriel Torquato Gonçalves
Nº 14 61 Alexandre Willian Tunni Silvestri
Nº 15 18 Matheus Arantes de Oliveira
Nº 16 65 Caio Vitor Costa

Time 2

 

Camisa   Braçadeira     Nome 
Nº 1 56 Arthur Malinverno Voltonili
Nº 2 11 Marcel Rocha de Liz
Nº 3 77 Ricardo Henrique Lippel Spengler
Nº 4 50 Cristiano Gio Ortiz Junior
Nº 5 53 Martin Souza Balbich
Nº 6 23 Marcos Vinicius Cordova Jose
Nº 7 34 Arthur Padilha Machado
Nº 8 60 Vinicius Nunes de Campos
Nº 9 69 Leanderson Rafael Brasil Lecueder
Nº 10 1 Vinicius de Lima Leonardo
Nº 11 21 Fabiano de Moraes Junior
Nº 12 37 Eduardo Wagner Sequinel
Nº 13 38 Lucas Ferreira Amorim
Nº 14 30 Richard Santos Moraes
Nº 15 47 Artur Semmke Neto
Nº 16 76 Roger Antonio Back
Os avaliadores levam mais em consideração a qualidade técnica do que a quantidade de gols do atleta / foto: Marco Brizola

Os avaliadores levam mais em consideração a qualidade técnica do que a quantidade de gols do atleta / foto: Marco Brizola

 

Atitude. Postura. Determinação.  São três requisitos básicos que os avaliadores levam em consideração para escolher os 32 meninos que vão disputar a grande final. Os seis olheiros do Peneirinha Head and Shoulders de Santa Catarina concordam em um mesmo ponto: não existe receita de bolo. Não basta fazer gols nas partidas da final ou fazer boas defesas.

 

- O jogo do Peneirinha não se trata de ganhar. O que importa é o jogo – pondera o avaliador Renan Tavares, que observa os atletas que estão na categoria de 9 a 10 anos.

 

foto: Marco Brizola

foto: Marco Brizola

 

Os especialistas em futebol também fazem uma projeção futura da carreira do menino. Para Rodrigo Ferrari, muitos que disputam a bola no gramado têm potencial e características que podem ser desenvolvidas. Os avaliadores têm ideia de onde o pequeno pode chegar, mas isso não significa que quem ficar de fora da competição ainda não possa seguir a carreira de boleiro.

 

- O Cafu foi rejeitado em 12 peneiras e mais tarde foi capitão da Seleção – relembra o avaliador Claudionei Firmo.

 

Ferrari diz que para ser o “número 1″ do Peneirinha é preciso fazer bem a sua função. Goleiros, meias, atacantes e zagueiros têm a mesma chance.

 

- Os 16 escolhidos [em cada categoria] têm propensão de ser atletas profissionais. É assim que encaramos os destaques do Peneirinha.

Confira as características de cada posição que são mais observadas pelos avaliadores:

Goleiro: altura, velocidade de reação, agilidade no jogo, a pegada de bola, a queda na defesa e a saída de gol.

Zagueiro: altura, cabeceio, marcação e posicionamento em campo.

Meia: visão de jogo, organização da equipe, presta atenção em espaços vazios e visão de jogo.

Atacante: velocidade, bom passe, bom chute, boa finalização, força e saber usar o corpo no jogo.

Após treinamento durante todo o sábado e na manhã de domingo, serão selecionadas 32 crianças para se enfrentar pela final em duas categorias

 

Diário Catarinense

 

 

Serão selecionadas 32 crianças nas duas categorias para se enfrentarem em jogo à tarde / foto: Marco Brizolla

Serão selecionadas 32 crianças nas duas categorias para se enfrentarem em jogo à tarde / foto: Marco Brizolla

 

O sonho de muitos meninos brasileiros é se tornar jogador profissional de futebol, e a competição Peneirinha Head and Shoulders, que chega ao fim neste domingo, pode ajudar a transformar esse desejo em realidade.

 

Meninos de 9 a 13 anos competiram durante todo o sábado e pela manhã de domingo por uma vaga nas finais, que acontecem hoje pela tarde. Ao todo, são 180 crianças que foram escolhidas de mil inscritos nas seletivas feitas em Blumenau, Joinville e Florianópolis.

 

A partir do desempenho dos meninos, serão selecionados 32 de cada categoria (9 a 10 anos e 11 a 13 anos) para compor dois times de 16 jogadores – 11 em campo e 5 na reserva. No final da partida, os 16 melhores de cada categoria ganharão troféu, certificado e vão concorrer a um grande prêmio: R$ 10 mil ou um ano de escolinha de futebol.

 

O maior prêmio será oferecido em sorteio aos 32 finalistas das duas categorias juntas: entrar em campo num amistoso da Seleção Brasileira até abril de 2015.

Fanático pelo filho

mar 23, 2014
O pai Márcio é o grande incentivador de João no futebol

O pai Márcio é o grande incentivador de João no futebol / foto: Marco Brizola

 

Os corujas. Eles são os pais que ficam em volta do campo. De olhos vidrados em cada lance, são os técnicos particulares dos filhos. Quem acompanha os jogos do Peneirinha Head and Shoulders, já deve ter ouvido muitos pais com um discurso parecido.

 

- Fica ligado, João! Vamos, olha a bola! – são os conselhos do pai, Márcio Martins Pereira.

 

Com uma filmadora em mãos, todos os lances do meia-atacante são gravados. É mais uma estratégia para desenvolver o potencial de João Vítor. Depois das partidas, a família se reúne para assistir e dar conselhos ao pequeno atleta.

 

- Ele diz que eu pego pesado, mas eu quero que ele aprimore também o espírito de equipe  e que seja cada vez melhor – relata o pai.

 

João Vitor já tem até apelido no futebol: é conhecido como Juvi –  junção das primeiras sílabas dos nomes. De acordo com o pai coruja, é mais uma maneira do menino se destacar entre os milhares de crianças que sonham com as grandes disputas. O pequeno é modesto, não comemora gols, mas diz que é porque tem vergonha e não quer “sacanear” o outro time.

 

A preparação também vai além do campo. Em Joinville, cidade onde mora com os pais, Juvi estuda alemão e espanhol. O desejo é pisar em campo com grandes times europeus, como o Bayern de Munique e o Barcelona.

 

- Não existe plano B para ele. Jogar futebol profissionalmente é o sonho dele – comenta Márcio.